Volte ao SPIN

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Lembranças da minha infância



Ontem gravei isto
Restos de uma civilização que está indo
Coisas do século passado

Lembrei-me quando morava no mato, na década de 60, quando éramos índios não civilizados, enquadrados

Hummm, que cheiro de mato

Que saudade da minha infância de indígena livre

Tags ou marcadores para este texto ou (re)ligare

Idéia livre, Idéia Sem Idade, Idéia Sem Consumo, Idéia Sem Morte

Nenhum comentário: